x

x
x

terça-feira, 26 de fevereiro de 2013

Projeto: Maurício de Sousa (Historia em Quadrinhos)

  
JUSTIFICATIVA:
    Desenvolver nos alunos habilidades em leitura, ortografia, produção de texto, gramática textual, elementos da narração, elementos básicos dos diálogos, elementos da descrição e avaliação.

OBJETIVO GERAL:
   O objetivo geral deste projeto é o desenvolvimento de um trabalho de linguagem, que leve o aluno a observar, perceber, descobrir, refletir sobre o mundo, interagir com seu semelhante através do uso funcional de linguagens.

COMPETÊNCIA:

Ser capaz de despertar nos alunos o prazer pela leitura e escrita, possibilitando o desenvolvimento de competências que visam torná-los leitores e produtores competentes de texto, através do gênero: História em Quadrinhos, no intuito de induzi-los à análise e interpretação das histórias frente à contextualização critica de suas versões com as versões lidas.
HABILIDADES:

Conhecer a bibliografia do autor das histórias em quadrinhos (Mauricio de Sousa);
Levar o aluno a observar, perceber, descobrir e refletir sobre o mundo, interagir com seu semelhante através do uso funcional da linguagem;

 Ampliar o repertório de personagens e história em quadrinhos;
 Ler respeitando as convenções gráficas desse tipo de texto;
 Extrair significados analisando uma imagem;
Investigar imagens e produzir textos apropriados;
Reconhecer as especificidades desse tipo de texto: onomatopéias, tipos de balões, humor, as características dos personagens, etc.;
Saber encontrar as tiras nos diversos cadernos de um jornal ou em gibis;
Ouvir e respeitar as idéias dos colegas;
Ler e gostar desse tipo de historia;
Preservar o material coletivo da classe;
Produzir história em quadrinhos mantendo a seqüência dos fatos;
Reconhecer relação de causa conseqüência em ações dos personagens;
Utilizar o dicionário como fonte de pesquisa nas palavras desconhecidas encontradas nas histórias;
Expor as histórias em quadrinhos produzidas pelos alunos;
Dramatizar as histórias em quadrinhos.

 CONTEÚDOS
Língua Portuguesa:
 Biografia de Mauricio de Sousa;
Leitura e interpretação oral e escrita gênero história em quadrinhos:
A narrativa por meio de imagens;
Os códigos verbais e não verbais;
Os sinais gráficos: balões, traços indicadores de movimento;
Vocabulário;
Ortografia;
Gramática;
Uso de sinais de pontuação: vírgula, exclamação, ponto final e interrogação;
Uso do travessão e dois pontos;
Utilização de letras maiúsculas;
Acentuação de palavras;
Sinais de pontuação e seu papel na organização do texto;
Reescrita e revisão de texto observando a unidade temática;
Segmentação do texto em palavras, frases e parágrafos;
Produção de história em quadrinhos;
Tipos de balões;
Onomatopéias;
 Exposição de histórias em quadrinhos produzidas pelos alunos do 1º ao 5º ano do Ensino Fundamental.

    Artes:
Desenho das historias em quadrinhos e balões;
Dramatizações;
Expressão corporal;
      Ciências:
Os seres vivos;
Tipos de alimentos;
Higiene e saúde.
     História e geografia:
Modo de falar;
Tipos de moradias;
Zona Rural e Urbana;
Costumes;

PRODUÇÃO FINAL
Exposição de histórias em quadrinhos, produzidas por todos os alunos do 1º ao 5º ano do Ensino Fundamental.
Apresentação de dramatizações dos alunos com as histórias em quadrinhos.

RECURSOS:
Biografia do autor das histórias em quadrinhos, Mauricio de Sousa, gibis, jornais, tirinhas, CDs, internet, aparelho de som, cartazes, data show, história em quadrinhos, caderno de produção de textos, painéis, blogs, vestes para apresentação das dramatizações, dramatizações, etc.

AVALIAÇÃO:

QUANTO AO CONTEÚDO
O assunto e a ideia central são claros? As ideias estão em sequência lógico-temporal título é interessante? O final está relacionado com o desenvolvimento do texto?
O texto é criativo?
O texto extrapola o real vivido, entrando para o imaginário?
As frases são variadas?
 Quanto à organização dos parágrafos:
As frases se relacionam com a ideia principal?
As frases estão em sequência lógico-temporal?

QUANTO À FORMA
As frases estão corretas, claras e precisas?
Há um encadeamento de frases?
 Os sinais de pontuação foram usados de forma adequada?
As letras maiúsculas e minúsculas estão corretas?
Há erros ortográficos?
Há erros de concordância?
Há correção gramatical?
O texto tem começo, meio e conclusão?
REFERENCIAS BIBLIOGRAFICA:

·        http://www.google.com.br/search?hl=pt-BR&q=portal+mauricio+de+sousa&meta=&aq=f&oq=

Proposta Curricular;
Matrizes e Habilidades do Programa Circuito Campeão;
http://tatiana-alfabetizacao.blogspot.com/;
http://baudeideiasdaivanise.blogspot.com/;
http://www.google.com.br/search?hl=pt-BR&q=quadroegiz&meta=&aq=f&oq=;
http://alfabetizacaoecia.blogspot.com/;
http://algodaodocebiscuit.blogspot.com/;
http://arco-ris.blogspot.com/.
http://enelideanjos2013.blogspot.com

SUJESTÕES DE ATIVIDADES PARA SEREM DESENVOLVIDAS COM OS ALUNOS:

atividade I – Reconhecimento do esqueleto narrativo

O professor oferece ao aluno uma história em quadrinhos e ele inventa uma história em seqüência lógico-temporal, primeiro oralmente e, em seguida, por escrito, enquanto concretiza a montagem da narração (ação e reação das personagens), a linguagem e o encadeamento temporal das ações (elemento básico da habilidade de narrar: o eixo narrativo).

Atividade II – Exercitação da estrutura narrativa

O aluno aprende os elementos fundamentais da narração através de exercícios (Quem? - Fez o quê? – Quando? – Onde?).

Atividade III – Ordenação de gravuras

O professor pede que os alunos tragam gravuras. Elas são coladas em cartolina. As gravuras vão sendo colocadas numa caixa para uso dos alunos. Os alunos escolhem primeiro, apenas quatro gravuras, e contam oralmente a história. Depois, poderão escolher quantas gravuras quiserem. O objetivo é treinar o encadeamento temporal entre as gravuras.

Atividade IV – Histórias em quadrinhos com colagem

Os alunos coletam os mais diversificados tipos de balões, legendas e onomatopéias de histórias em quadrinhos. Os alunos recortam as personagens ou cenas recombinam, compondo de cada vez uma seqüência diferente. Narram a história acrescentando balões para diálogos.

Atividade V – Narração a partir de uma seqüência de gravuras

O professor apresenta uma seqüência de gravuras para os alunos e levanta os elementos de cada gravura, fornecidos pelos próprios alunos. O professor trabalha oralmente com os alunos, fazendo perguntas e colocando todas as respostas na lousa.

Antes, ele pede que as crianças participem da história, como se também fossem personagens.

Pede aos alunos para contar o que vêem e o imaginam (fantasia-mágica). Em seguida, os alunos formam frases e depois recriam a história.

Atividade VI – Narração: introdução, desenvolvimento e desfecho

A partir da leitura de um trecho de texto, os alunos terminam a história. Podem também ler a introdução e o desfecho e completar o desenvolvimento.

Atividade VII – Narração com diálogo

Os alunos observam uma seqüência de gravuras e elaboram um texto narrativo com diálogo entre as personagens.

Atividade VIII – Texto narrativo-informativo

Os alunos lêem, discutem e fazem pesquisas a respeito de um determinado assunto. Depois produzem seu texto.

Apresentação dos balões 

O professor apresenta aos alunos os vários tipos de balões para serem usados nos diálogos. 
O balão da fala indica que a personagem está falando o que pensa.
O balão do pensamento indica que a personagem está pensando.
· O balão do cochicho ou do murmúrio indica que a personagem está cochichando ou murmurando.
· O balão do grito ou do susto indica que a personagem está assustada ou gritando.
Os alunos escrevem nos balões.
Atividade II – Identificação dos balões
Os alunos lêem uma história em quadrinhos e identificam os vários tipos de balões.
Em seguida, os alunos desenham ou fazem colagem de personagens e criam um diálogo, usando todos os tipos de balões.
Para avaliar se realmente o aluno escreveu um diálogo, é só transformar o diálogo numa narração. Se isso não for possível, não houve diálogo, apenas falas avulsas.
Atividade III – Transcrição dos diálogos
O aluno faz a transcrição dos diálogos da forma escrita (com travessão) para os balões e vice-versa. Não se usa travessão nas falas dos balões.
Atividade IV – Dramatização do diálogo
Cada aluno escolhe uma personagem e depois dramatiza o diálogo.
Atividade V – Criação de diálogos com balões – História em quadrinhos
Os alunos desenham ou fazem colagem e elaboram o diálogo criativamente, usando todos os tipos de balões.
 Atividade VI – Criação de diálogos com narrador 
O aluno usa os mesmos procedimentos anteriores, abrindo espaço para o narrador. 
Atividade VII – Diálogo com balões da fala e do pensamento

Esta atividade visa levar o aluno a elaborar um diálogo, concretizando o seu pensamento através de desenhos ou gravuras.
Atividade VIII – Diálogo com balões superpostos
Os alunos desenham ou fazem colagens das personagens e criam  o diálogo. Começa-se de baixo para cima, para não restringir a criatividade. Cada aluno faz quantos balões precisar, podendo misturar com balões da fala, do pensamento, do cochicho ou murmúrio e do grito.

COLABORADORES NA EXECUÇÃO DO PROJETO:
Gestora: Eulessandra
Secretaria:  Lucidalva
Coordenadora: Albertina Selvino
Suporte pedagógico: Maria Albertina

CRONOGRAMA DE EXECUÇÃO DO PROJETO:



Fevereiro /2013

Elaboração do projeto (História em Quadrinhos)

Março/2013

Inicio da execução do projeto

Março/2013

Realizações das atividades do projeto

Abril/2013

Realizações das atividades do projeto.

Maio/2013

Dramatizações das histórias em quadrinhos.

Junho/2013

Finalização do projeto com exposição das histórias em quadrinhos feitas pelos alunos, aos pais e comunidade escolar.


2 comentários:

  1. Vou trabalhar no 2ºsemestre com os meus alunos de 2ºano o Projeto Institucional Maurício de Sousa. E você não tem noção o quanto me ajudou. Manda atividades pra mim.
    Obrigada e Deus a abençoe.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Q bom q meu blog foi útil a vc minha linda, vou postar as atividades pra vc, q Deus abençoe a tds nós!

      Excluir

O seu comentário é muito importante!